quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O LOUVOR QUE ATRAI A ATENÇÃO DE DEUS


(Mensagem pregada resumidamente na NOITE DE LOUVOR da Igreja Metodista 
em São Pedro, dia 26/11/2016 - Pr. Ednaldo Breves)

TEXTO: Atos 16:19-26 - E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas, e os levaram à praça, à presença dos magistrados. E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade, e nos expõem costumes que não nos é lícito receber nem praticar, visto que somos romanos. E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.

INTRODUÇÃO:
  • Paulo e Silas estavam fazendo a obra de Deus.
    Por terem sido instrumentos de Deus para a libertação de uma jovem, oprimida por um espírito adivinhador, causando prejuízos financeiros para aqueles que ganhavam às custas daquele espírito na vida da jovem, a despeito de serem cidadãos romanos (v. 37) foram presos no cárcere interior … no tronco.
    Este lugar não era somente de segurança máxima, mas também um local para tortura. 
    Era comum que as prisões romanas tivessem uma seção externa e interna.
    Na primeira, ficava a sala da guarda, onde entravam luz e ar.
    Depois dela, se localizava o cárcere interior, onde a porta era fechada, deixando fora a luz e o ar.
    As condições dentro dessa cela eram horrendas, infligindo um castigo terrível sobre o prisioneiro. 
    Quanto ao tronco, era uma estrutura de madeira com buracos nos quais a cabeça, os pés e as mãos do prisioneiro eram colocados, deixando-o numa posição de extremo desconforto.
    No caso de Paulo e Silas, somente os pés foram presos e o restante do corpo ficou jogado no chão, uma posição dolorosa para homens tão castigados como os apóstolos.
    No entanto, a despeito de toda injustiça, não conseguiram tirar o louvor do coração e dos lábios de Paulo e Silas.

    E quando, por volta da meia noite, eles louvavam e oravam, Deus agiu de maneira poderosa e os livrou daquela prisão.
  • ILUSTRAÇÃOConta-se que um jovem violinista apresentava seu primeiro recital. O auditório repleto aplaudia freneticamente cada número executado, sem demonstrar muito entusiasmo, ele agradecia os aplausos. A cada música executada os aplausos da multidão aumentavam, mas o jovem sempre fixava o olhar em um ponto no alto da galeria. Após executar sua última música a multidão o aplaudiu em pé, novamente o jovem estava com o olhar na galeria. Quando os aplausos cessaram um ancião na galeria fez um sinal de aprovação com a cabeça. O rosto do jovem se abriu num largo sorriso, o mestre aprovara seu trabalho. Os aplausos da multidão eram bons, mas o que ele realmente queria era a aprovação do mestre.
  • O alvo do Louvor é o nosso Deus.
  • A Bíblia, principalmente no livro dos Salmos, está repleta de ordens para que possamos louvar ao Senhor!
  • Portanto a aprovação que precisamos é a aprovação Daquele para quem dirigimos o nosso louvor!
  • A despeito de sabermos que Louvor transcende a música, nesta oportunidade queremos falar do louvor expresso em forma de canção!
  • Creio que o desejo de todos nós que pertencemos ao Exército de Cristo é agradar Aquele que nos arregimentou. 
  • Por isso, quem milita no Ministério de Louvor não deve perder o foco. 
  • É obvio que, normalmente, os que militam neste ministério desejam fazer o nosso melhor. Usar suas habilidades associadas com os melhores instrumentos, equipamentos, ambientes, etc (É Bíblico inclusive. É só ler o Salmo 33:3, que diz: Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo.
  • É maravilhoso louvarmos juntos com pessoas ou grupos que, além do dom, da parte técnica, etc... são dotadas da unção de Deus!
  • No entanto, é frustrante ver toda uma parafernália de instrumentos e equipamentos, numa apresentação que, equivocadamente, tem o nome de cristã, mas não é dirigida a Deus, mas feita para agradar um tipo de público, deixando uma platéia até mesmo eufórica, mas vazia da presença de Deus.
  • O que fazer para as pessoas que militam no louvor, possa louvar e atrair a presença de Deus em suas vidas e para as vidas que louvam junto com elas?
DESENVOLVIMENTO:
Baseado no texto lido, qual o tipo de louvor que chama a atenção de Deus:

1 - O LOUVOR DE QUEM É COMPROMETIDO COM ELE E COM SUA OBRA:
  • Paulo e Silas não eram andantes autônomos. Eram pessoas comprometidas com Deus, debaixo do envio da Igreja em Antioquia (Atos 13:1-3).
  • Eles estavam na Segunda Viagem Missionária (Atos 15:36)
  • Eles passaram em Filipos, onde, a caminho da oração, encontraram Lídia e depois de a evangelizar, juntamente com sua casa, os batizou.]
  • Logo em seguida foram presos por estarem trabalhando, expulsando o espírito adivinhador da vida de um jovem escrava duas vezes (dos homens e do diabo).
  • Me preocupo muito com o tipo de pessoa que tem subido em nossos púlpitos para louvar!
  • A pergunta é: Estão ali só porque cantam bem, ou porque são sérios/as e tem vida com Deus?
  • Estão ligados a alguma Igreja? São comprometidos com suas Igrejas?
  • Quem são seus/uas pastores/as? 
  • Muitas Igrejas estão recebendo comida espiritual estragada por não levar estes princípios à sério!
2 - O LOUVOR DE QUEM TEM VIDA DE ORAÇÃO:
  • Paulo e Silas eram homens de oração!
  • O Espírito Santo dirigia suas vidas e Ministério!
  • Atos 16:6-9 diz que em Trôade foram impedidos pelo Espirito Santos e irem até pregar a Palavra na Ásia. Depois foram impedidos pelo mesmo Espírito de irem a Bitínia. 
  • Posteriormente, à noite, Paulo teve uma visão onde o Espírito Santo o chamava para ir à Macedônia. 
  • Na cidade Macedônica de Filipos, saíram num sábado, para onde parecia ter um lugar de oração! (Atos 16:13)
  • Antes de encontrar com a Jovem possessa de espírito adivinhador, eles estavam indo para um lugar de oração. (Atos 16:16)
  • Quem tem vida de oração está em constante contato com Deus!
  • Quem louva e tem vida de oração, quando louva seu louvor abre o céu!
  • O ambiente é contagiado com a Glória de Deus!
  • É muito triste quando alguém, a despeito de cantar bonito, abre a boca e o louvor não passa do teto. 
  • Bate no ouvido, mas, não desce para o coração! 
  • Não toca a Igreja, porque não passa pelo céu primeiro!
  • É uma mera "bela apresentação" que qualquer cantor secular poderia fazê-lo, só não é um louvor que atrai a atenção de Deus!
3 - O LOUVOR DE QUEM O ADORA, INDEPENDENTE DAS CIRCUNSTÂNCIAS!
  • O Salmo 34:1 diz: Bendirei ao Senhor em todo tempo, o seu louvor estará sempre nos meus lábios.
  • Há uma canção que diz: Se Deus fizer Ele é Deus. Se Ele não fizer continua sendo Deus!
  • Paulo e Silas, por mais que fossem instrumentos poderosos nas mãos de Deus, sofreram injustiças, foram açoitados e presos.
  • Eles poderiam passar o tempo preso murmurando, praguejando, amaldiçoando seus perseguidores ou, até mesmo, blasfemando contra Deus. 
  • No entanto, independente das circunstâncias adversas, eles oravam e cantavam louvores a Deus. 
  • Quantas vezes fazemos birra com Deus, trabalhamos de má vontade, quando não abandonamos a obra que Deus colocou em nossas mãos!
  • Uma coisa que precisa ficar bem claro para nós é a questão da soberania de Deus!
  • Outra coisa que precisa ficar bem claro em nós é que somos servos/as! 
  • Através da prisão injusta de Paulo e Silas, ambos chegaram a família do Carcereiro e a salvação chegou até àquela família e descendência!
  • E se Paulo e Silas tivessem murmurado, deixado de orar e louvar ao Senhor? Certamente o milagre não teria acontecido e Deus iria usar outras pessoas e circunstâncias para que a salvação chegasse ao Carcereiro!
  • Quando servimos ao Senhor, além das circunstâncias, mas, porque O conhecemos, Ele se alegra, aceita o nosso louvor e realiza milagres!
CONCLUSÃO:
  • Quando o Louvor atrai a atenção de Deus o resultado é tremendo: Salvação, quebrantamento, cura, libertação, Batismo no Espírito Santo, alegria, Milagres, etc...
  • Que o Senhor Deus nos ajude a sermos comprometidos com Ele e com sua obra!
  • Que o Senhor Deus nos ajude a ter vida de oração!
  • Que o Senhor Deus nos ajude a adora-Lo, independente das circunstâncias!
Com carinho

Rev. Ednaldo Breves

Nenhum comentário: