domingo, 31 de março de 2013

IGREJAS EVANGÉLICAS E CATÓLICAS SÃO VENDIDAS NA ALEMANHA

Os templos de Igrejas Evangélicas e Católicas pode ser vistos em sites criados para facilitar e agilizar as vendas.

A igreja Evangélica protestante no período de 1990 a 2012 fechou 340 Igrejas e na Igreja Católica os números não são diferentes, no relatório de 2012 cerca de 400 foram fechados.

A venda de igrejas católicas e evangélicas da Alemanha segue uma lei categórica vigente no capitalismo. Sem dinheiro e sem fiéis, os templos religiosos perdem a sua razão de ser e os religiosos por não ter condições de mante-los vendem os edifícios onde antes se pregava a palavra de Deus.

Segundo estatísticas oficiais, existem atualmente na Alemanha cerca de 10% de católicos e 17% evangélicos menos que tinham no início dos anos noventa.

A venda dos templos revela um fenômeno não aceito pelos fieis e provoca preocupação no meio religioso. É o fato que a grande maioria das igrejas que são vendidas são transformadas em restaurantes atraentes, pistas de dança, escritórios e academias de luxo, como foi feito com o templo da igreja evangélica Stephanuskirche, que se localizava no elegante bairro de Eimsbüttel Hamburgo, ou com o mosteiro Geistingen, perto de Colônia , que foi transformado em um complexo habitacional de luxo.

Vende-se uma igreja por € 135 mil (R$ 350 mil).

Quem está à procura de uma capela pode conseguir uma por € 20 mil (R$ 51 mil).

A Igreja Protestante fechou entre 1990 e 2010, 340 dos quais 46 templos foram demolidos e é possível que outros mil templos têm de ser fechadas nas próximas duas décadas devido a um problema que o pastor Maiwack Reinhardt, porta-voz da instituição, sabe de cor. “Entre 120.000 e 150.000 pessoas deixam a Igreja a cada ano”, disse Pastor El Pais.

As estatísticas da Igreja Católica são semelhantes.

De acordo com o relatório anual 2011-2012 da Conferência Episcopal, 126.488 pessoas deixaram em 2011 a Igreja Católica na Alemanha, uma fuga que obrigou os bispos a fechar mais de 400 templos.

"Nos próximos 10 anos, calcula-se que cerca de 700 igrejas não serão mais usadas para celebrar a liturgia”, disse o porta-voz da Conferência Episcopal, Kopp Mathhias.

Uma igreja evangélica na cidade de Hamburgo, vendida no final do ano passado por falta do comparecimento de fiéis, agora está nas mãos do islã.

O negócio acabou com a convivência pacífica entre cristãos e muçulmanos na cidade.

Na semana passada, cerca de 300 neonazistas iniciaram protestos contra seguidores do islã.

A polícia teve de intervir para evitar uma briga religiosa.

CRIE UM MONSTRO EM CASA PASSANDO SEMPRE AS MÃOS NA CABEÇA DOS FILHOS

Muitas vezes devido ao grande amor que você tem pelo seu filho você vê que ele esta tendo ou já teve uma atitude errada, mas mesmo
assim você concorda com ele evitando então as possíveis brigas
familiares, e isso é extremamente prejudicial.

Outros quando exortados pelos professores, disciplinários e, pasmem, até por líderes religiosos, ao invés de corrigirem seus filhos em amor, vão contra quem está buscando somente o bem daquela criança.

Quem age assim, deve saber que seus filhos podem tornar-se extremamente mal educados e sem limites, por essa atitude que você tem de passar a mão na cabeça deles toda vez que eles fazem algo de errado.

Quando você tem a atitude de passar mão na cabeça de seu filho, você automaticamente estará ensinando que tudo de errado que ele fizer não terá conseqüências, pois ele saberá que mesmo ele fazendo a pior coisa do mundo você ira defendê-lo.

Então, para lhe dar uma boa educação, dialogue muito com seu filho! Mostre que existem dois caminhos: o das coisas boas e o das coisas ruins, e que essa escolha tem que ser feita por ele, mas conscientize-o que o caminho ruim lhe trará conseqüências horríveis.

Que nossos filhos, que são heranças do Senhor, sejam motivos de alegria em nossas famílias!

Que Deus abençoe a sua família!

Pr. Ednaldo Breves

O EPITÁFIO DO TÚMULO DE JESUS CRISTO

Quando visitamos um cemitério encontramos túmulos e sepulturas rasas, monumentos de mármores enfeitados com esculturas de bronze, canteiros floridos, lajes toscas, etc.

Na maioria dos túmulos encontramos registrados os dados pessoais do falecido: Aqui jaz fulano de tal, nascido em tal data, falecido em tal data; em muitos casos, palavras de saudade dos familiares.

Muitos personagens históricos foram sepultados com honrarias em belos monumentos, em praça pública, tendo seus nomes e feitos gravados em mármore ou esculpidos em bronze, mas sempre encaixados na frase: "aqui jaz".

O túmulo de Jesus é diferente de todos estes. Está vazio e aberto, mostrando ao mundo a vitória do nosso amado Redentor.

O evangelista Billy Graham assim se expressa: "Como é diferente o epitáfio no túmulo de Jesus!

Não está escrito em caracteres de ouro, e tampouco gravado em pedra, foi pronunciado pela boca de um anjo, exatamente o oposto do que há em todos os demais túmulos: Ele não está aqui, ressuscitou como havia dito. "

Nós não adoramos um "Senhor morto", porque cremos num Cristo vivo, ressurreto.

A ressurreição de Jesus é a garantia da nossa ressurreição.

A prova de que Cristo vive é a libertação e transformação de milhares de pessoas que, através destes vinte séculos, tiveram um encontro real com ele, Cristo vive e quer lhe dar a vida eterna.

Se você quiser, pode provar o poder de sua ressurreição agora mesmo.

É só recebê-LO como Senhor e Salvador!

sábado, 30 de março de 2013

CULTO DA PÁSCOA NA METODISTA EM SÃO PEDRO

Venha celebrar a Ressurreição de Jesus Cristo neste Domingo, 31 de março, às 19:00 na Igreja Metodista em São Pedro.

TEREMOS:

- Musical com a Mocidade
- Louvor com Ministério de Louvor Local, Dupla Arilson & Edilson
- Pregação com o Rev. Ednaldo Breves
- Ministração da Ceia do Senhor

Venha e traga a sua família! Será uma honra recebê-lo(a) em nosso meio!

IGREJA METODISTA EM SÃO PEDRO
Rua Rodolfo Marques, 125, São Pedro, Barra Mansa, RJ
Pastor: Rev. Ednaldo Breves

terça-feira, 26 de março de 2013

NOBEL DA PAZ, LECH WALESA, DIZ QUE MINORIA HOMOSSEXUAL "PERSEGUE E CASTIGA" OS HETEROSSEXUAIS

Varsóvia, 26 mar (EFE).- O prêmio Nobel da Paz e ex-presidente polonês Lech Walesa disse nesta terça-feira que suas opiniões sobre a homossexualidade levaram ao cancelamento de suas duas conferências nos Estados Unidos, o que demonstra que a minoria gay é "efetiva" e "persegue e castiga a maioria".

Walesa, considerado o herói na luta contra o comunismo e símbolo da chegada da democracia à Polônia, disse há algumas semanas que os homossexuais "deveriam se sentar na última fila do Parlamento ou até mesmo atrás de um muro", e não pretender impor suas posturas minoritárias frente à maioria da população.

Em entrevista à emissora "RMF", Walesa lamentou hoje que as declarações tenham levado ao cancelamento de duas conferências nos Estados Unidos e que ele tenha deixado de ganhar US$ 70 mil.

O político se considera uma "vítima" do "lobby gay", que acusa de "usar sua influência diretamente" contra ele e de ser uma força que se baseia "na dor e no ressentimento".

Após as declarações polêmicas, várias organizações de gays e lésbicas o acusaram de ser um inimigo das minorias, de representar a extrema direita e de ser um antidemocrata.

"Têm que fazer alarde (de sua tendência sexual) diante da maioria?" questionou novamente hoje o político polonês, se referindo à parada anual do orgulho gay em Varsóvia e outras cidades do mundo.

"Deveriam ser recatados, se fechar a sua intimidade, não mostrar (sua sexualidade)", queixava-se o ex-líder do Solidariedade.

A Polônia é um dos países mais conservadores e católicos da Europa, embora, paradoxalmente, seu Parlamento tenha um deputado abertamente homossexual, Robert Biedron, e um parlamentar transexual, Anna Grodzka, ambos do partido anticlerical Movimento Palikot.

Lech Walesa, que tem oito filhos e é reconhecidamente um católico praticante, foi o primeiro presidente da Polônia democrática e suas opiniões ainda são referência entre grande parte da sociedade polonesa.

FONTE: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2013/03/26/lech-walesa-diz-que-minoria-homossexual-persegue-e-castiga-heterossexuais.htm

segunda-feira, 25 de março de 2013

CULTO DA PAIXÃO DE CRISTO NA METODISTA EM SÃO PEDRO

Venha recordar este marco do Cristianismo, Sexta Feira, 29 de março, às 09:00 na Igreja Metodista em São Pedro.

TEREMOS:

- Musical com a Mocidade
- Louvor com Sociedade de Mulheres e Gláucia Souza Garcia
- Pregação com o Pr. Newton Maia (Metodista em Goiabal)
- Ministração da Ceia do Senhor

Venha e traga a sua família!

IGREJA METODISTA EM SÃO PEDRO
Rua Rodolfo Marques, 125, São Pedro, Barra Mansa, RJ
Pastor: Rev. Ednaldo Breves


CULTO DE GRATIDÃO A DEUS PELO CASAMENTO E MINISTÉRIO BISPO PAULO LOCKMANN

Mais de mil pessoas, entre pastores, membros de igrejas locais e representantes da sociedade civil, se reuniram no último sábado (23) para o Culto em Ação de Graças pelos 25 anos de episcopado e 39 anos de casamento do Bispo Paulo Lockmann. Familiares, amigos e metodistas do Rio de Janeiro e de outros estados estiveram presentes na noite de celebração, na Igreja Metodista em Cascadura.

A banda Big Band acompanhou os louvores do Hinário Metodista Brasileiro e os cânticos como Rio de Deus e Rompendo em Fé, levando os presentes a momentos de adoração e alegria, que permaneceram durante as apresentações do Coral Madrigal da Igreja Metodista do Jardim Botânico e do Coral de Cabo Frio.

O espírito de gratidão a Deus, presente durante todo o culto, também esteve evidente quando cada Federação e representantes do Colégio Episcopal homenagearam o casal Paulo e Gláucia Lockmann, dando ênfase à trajetória de 25 anos de fé e trabalho do bispo na Primeira Região, com marcas também no Brasil e, mais recentemente, no mundo, por meio da presidência do Concílio Mundial Metodista.

O bispo Carlos Alberto Tavares, da Região Missionária da Amazônia, foi o responsável por levar a reflexão bíblica da noite e pregou uma mensagem de fé baseada no livro de Hebreus. Um dos momentos mais aguardados foi a cerimônia de bodas de mármore, com a renovação dos laços de matrimônio, conduzida pelo bispo honorário Nelson Campos Leite. Participou desse momento o reverendo Messias Manoel de Souza, que foi o cupido do casal, e, posteriormente, fez seu casamento.

O culto em Ação de Graças foi encerrado com uma palavra de agradecimento do bispo Paulo Lockmann a todos os que lhe prestaram homenagens e estiveram presentes. Um vídeo, trazendo a retrospectiva da vida do bispo Paulo Lockmann e depoimento de familiares e amigos, também foi apresentado. Em seguida, foi servido um pequeno jantar com bolo e docinho.

sábado, 23 de março de 2013

ESCOLA DOMINICAL PRÁTICA

Caminhada Evangelística e de Oração pelas Ruas do Bairro São Pedro, amanhã, dia 24 de Março de 2013, às 09:00 Hs.

ESCOLA DOMINICAL PRÁTICA - Colocando em Prática a teoria que temos aprendido sobre o "IDE" de Jesus!

Venha estar conosco neste grande projeto!

Metodista em São Pedro - Barra Mansa - RJ
Rua Rodolfo Marques, 125, São Pedro
Pastor: Rev. Ednaldo Breves



terça-feira, 19 de março de 2013

FERNANDINHO BEIRA-MAR TORNA-SE ALUNO DE TEOLOGIA


O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira Mar, que atualmente cumpre pena no presídio federal de Catanduvas, Oeste do Paraná, iniciou um curso à distância de Teologia. Ele já recebeu a primeira apostila do curso que tem duração de 3.180 horas. As matérias são aplicadas pela Faculdade Teológica Batista do Paraná (FTBP).

Desde o ano passado, outro detento de Catanduvas faz o mesmo curso e, recentemente, durante um culto no presídio, ministrado pelo capelão carcerário e pastor Luiz Magalhães, da Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, Beira Mar demonstrou interesse pelo curso e passou a questionar o religioso sobre assuntos ligados a fé. Foi o próprio capelão quem apresentou o curso ao presidiário mais famoso do Brasil.

No final do mês de fevereiro, Beira Mar prestou o vestibular dentro da cela, foi aprovado e fez a matrícula. Todo o processo teve acompanhamento judicial. A mensalidade do curso, que gira em torno de R$ 242,00 é totalmente paga pela Igreja Batista do Bacacheri.

O diretor da FTBP, Jaziel Guerreiro Martins, disse acreditar que está havendo uma mudança na vida de Beira Mar. Para ele, o fato de o traficante ter admitido crimes durante o julgamento da semana passada e dizer que pretende pagar o que deve à Justiça é uma demonstração de mudança de comportamento. Durante o júri, Beira Mar revelou que estava cursando Teologia, admitiu alguns crimes, disse que sofria muito e queria pagar o que deve à Justiça. “É quase impossível alguém como ele fazer uma declaração desta se não estiver motivado por uma mudança”, frisa o diretor que também é que é mestre em Teologia pela University of Birmingham (Inglaterra) e doutor em Ciências de Religião pela Universidade Metodista de São Paulo.

Em e-mail enviado para alunos e professores da FTBP, o diretor da instituição disse que talvez após cumprir os 30 anos de prisão Beira Mar poderá pregar e agradecer a oportunidade de ter conhecido a Cristo Jesus através do trabalho da faculdade no presídio. “Só Deus vê o coração e não podemos ter plena certeza se é algo sincero ou não. Mas estamos fazendo a nossa parte,”, afirmou no e-mail.

O Ministério da Justiça informou que todos os presos têm direito ao acesso à educação conforme prevê a Constituição Federal e a Lei de Execuções Penais. Além de Beira Mar, outro preso que cumpre pena em Catanduvas faz o curso superior a distância e 10 cursam o Ensino Médio. Atualmente 116 presos de diferentes partes do país estão recolhidos no presídio do Paraná, primeira unidade prisional federal inaugurada em 2006.
Fonte: FOLHA e Gazeta do Povo

segunda-feira, 18 de março de 2013

O METODISMO NO BRASIL

Em 1835 ocorre a primeira tentativa de vinda e fixação do metodismo no Brasil através de missionários Norte Americanos.Devido a grande recessão econômica nos Estados Unidos, os primeiros missionários não obtêm sucesso.Só depois da Guerra Civil Americana é que os metodistas vieram para ficar. O primeiro núcleo metodista foi montado em Santa Barbara D'Oeste, no Interior de São Paulo, onde, através do trabalho do Rev. Junias Eastham Newman, foi organizada uma paróquia Metodista entre os norte-americanos que por ali tinham imigrado após a guerra.


(foto: Capela em 1882)

Por solicitação destes imigrantes, vieram missionários metodistas para trabalhar junto aos brasileiros, utilizando nosso idioma. O primeiro a chegar foi o Rev. J.J. Ranson.


(Capela nos dias de hoje)

A Igreja Metodista no Brasil tem se destacado pelo seu trabalho educativo. A primeira de suas escolas foi fundada em 1881 em Piracicaba por Miss Martha Hit Watts, gerando com o seu crescimento, a atual UNIMEP - Universidade Metodista de Piracicaba.O compromisso com a causa do ensino e sua integração na realidade cultural e social brasileira, fazem da Igreja Metodista uma célula ágil, dinâmica, sempre a serviço do povo. (Prof. Duncan Alexander Reily)


Catedral da igreja Metodista no Catete/RJ

A Igreja Metodista chegou em São Pedro - Barra Mansa - RJ em 1976.

Esta é a nossa antiga Sede



Estamos construindo o novo templo, que abrigará aproximadamente 700 pessoas, no templo principal e 400 pessoas no salão social, que poderá servir de extensão do templo em eventos maiores, com a colocação de telões.

Estamos quase chegando lá!!! - Posição em 03/2013


Um hino antigo reflete a nossa caminhada:

Com Cristo, aleluia, a Igreja segue caminhado...
Nas lutas e nas provas, a Igreja segue caminhando...

Caminhando e Vencendo! Em nome de Jesus Cristo, o Senhor da Igreja!!!

Carta de John Wesley e John Trembath


“O que lhe tem prejudicado excessivamente nos últimos tempos e, temo que seja o mesmo atualmente, é a carência de leitura. Eu raramente conheci um pregador que lesse tão pouco. E talvez por negligenciar a leitura, você tenha perdido o gosto por ela. Por esta razão, o seu talento na pregação não se desenvolve. 

Você é apenas o mesmo há sete anos. É vigoroso, mas não profundo; há pouca variedade; não há seqüência de argumentos. Só a leitura pode suprir esta deficiência, juntamente com a meditação e a oração diária. Você engana a si mesmo, omitindo isso. Você nunca poderá ser um pregador fecundo, nem mesmo um crente completo. 
Vamos, comece! Estabeleça um horário para exercícios pessoais. Poderá adquirir o gosto que não tem; o que no início é tedioso, será agradável posteriormente. Quer goste ou não, leia e ore diariamente. É para sua vida; não há outro caminho; caso contrário, você será, sempre, um frívolo, medíocre e superficial pregador.”

O nosso desafio, não apenas para os líderes, pregadores e professores de nossa Igreja, é para que todos os membros, indistintamente, possam voltar a serem chamados como “Traças da Bíblia”, assim como nossos irmãos do Século XVIII. 

Que todos tenham prazer numa boa leitura, (Existem bons livros, boas biografias, bons jornais e revistas, etc...). 
Que possamos acatar a orientação de Paulo a Timóteo quando lhe disse: “Procura apresentar-te a Deus APROVADO, como obreiro que não têm do que se envergonhar, que maneja BEM a palavra da verdade.”

Pastor Ednaldo Breves

quinta-feira, 14 de março de 2013

PAPA FRANCISCO - ELEITO EM 13.03.2013, É ARGENTINO

A Igreja Católica confirmou às 20h14 (16h14 de Brasília) desta quarta-feira (13) quem é seu novo papa: o cardeal Jorge Mario Bergoglio da Argentina, foi o escolhido para suceder Bento 16 no conclave que começou na terça-feira (12) e terminou hoje, às 19h07 (15h07 de Brasília), quando a fumaça branca tomou a praça São Pedro, após cinco escrutínios.

O nome do novo papa foi revelado após o famoso "Anuntio vobis gaudium, habemus Papam", feito pelo cardeal francês Jean-Louis Tauran. O nome papal escolhido pelo cardeal Bergoglio é Francisco 1º.

Jorge Mario Bergoglio, que nasceu em 17 de dezembro de 1936, se tornou arcebispo de Buenos Aires desde 1998 e foi nomeado cardeal em 2001, por João Paulo 2º, é o primeiro papa latino-americano da história da Igreja Católica.

Primeiro Papa da América Latina!

DECLARAÇÃO DO ELEITO!

"Parece que os cardeais foram buscar-me ao fim do mundo", afirmou o Papa Francisco I, o argentino Jorge Mario Bergoglio, nas suas primeiras palavras na varanda da Basílica de S. Pedro, esta quarta-feira. O primeiro Papa latino-americano e também o primeiro jesuíta a chegar à liderança da Igreja Católica fez um apelo à oração pelo seu antecessor Bento XVI e convidou os fiéis a "empreeender um caminho de fraternidade, de amor" e de "evangelização" e pediu à multidão um minuto de silêncio: "Rezem por mim e deem-me a vossa benção".

"Habemus papam"! Coube ao protodiácono, o cardeal francês Jean-Louis Tauran, fazer o anúncio oficial. Foi eleito Jorge Mario Bergoglio, de 76 anos, arcebispo emérito de Buenos Aires, que será desiganado Francisco I. Às 19.14 horas da varanda da Basílica de S. Pedro foi anunciada oficialmente a eleição do sucessor de Bento XVI.

O argentino Jorge Mario Bergoglio, arcebispo emérito de Buenos Aires, Argentina, é um sacerdote de origem jesuíta. As suas primeiras palavras na varanda da basílica de S. Pedro simples: "Os cardeais foram buscar-me ao fim do mundo". De seguida dirigiu palavras de saudação a Bento XVI.

Antes da benção "urbi et orbi", Francisco I pediu um período de silêncio, "um favor", para que o povo pedisse que o Senhor o abençoasse e dirigiu um apelo à fraternidade no seio da Igreja.

O fumo branco saiu da chaminé da Capela Sistina à 19.05 horas (hora de Portugal continental) assinalando a eleição de um novo papa pelos 115 cardeais eleitores para suceder a Bento XVI.

Para conhecer o nome do novo Papa foi necessário esperar que o novo líder da Igreja Católica aceitasse a nomeação e escolhesse um nome antes que o protodiácono, o cardeal francês Jean-Louis Tauran, se apresentasse para o anúncio oficial ("habemus papam"). Só então o novo Papa se apresenta na varanda da Basílica de S. Pedro.

OPINIÕES:

O teólogo brasileiro Leonardo Boff declarou hoje à ANSA, que ficou "surpreso" com a "rápida" eleição do novo papa.

"A verdade é que estou surpreso, eu não posso dizer nada sobre o novo papa, é preciso esperar, mas a escolha foi rápida, tão rápida, que é surpreendente, só gostaria que o papa eleito --o qual não conhecemos ainda-- seja um Francisco I, um papa de sandálias para caminhar", disse Boff, em uma entrevista telefônica.

Os cardeais eleitores chegaram nesta quarta-feira (13) a um consenso sobre a escolha do sucessor do papa emérito Bento XVI. O conclave durou dois dias.

QUEM É JORGE MÁRIO BERGOGLIO

Nascimento: 17/12/1936, em Buenos Aires - Argentina.
Educação: Colégio Máximo "San Jose" (filosofia e teologia).
Sacerdócio: 13/12/1969 para a Sociedade de Jesus.
Ministério Pastoral: mestre de noviços; professor; reitor de colégio; provincial ; diretor espiritual; confessor.
Episcopado: 27/06/1992 como Bispo Auxiliar de Buenos Aires; promovido a Arcebispo Coadjutor de Buenos Aires em 3/06/1997; sucedeu como Arcebispo de Buenos Aires em 6/11/1998.
Cardinalato: 21/02/2001 com o título de São Roberto Belarmino.

Participou do conclave que elegeu o Papa Bento XVI.

NOMES E O PERÍODO DE PONTIFICADO DE TODOS OS PAPAS DA HISTÓRIA

1) São Pedro (33 a 67) - Pensamento particular da Igreja Católica
2) São Lino (67 a 76)
3) Santo Anacleto (76 a 88)
4) São Clemente I (88 a 97)
5) Santo Evaristo (97 a 105)
6) Santo Alexandre I (105 a 115)
7) São Sisto I (115 a 125)
8) São Telésforo (125 a 136)
9) Santo Higino (136 a 140)
10) São Pio I (140 a 154)
11) Santo Aniceto (155 a 166)
12) São Sotero (166 a 174)
13) Santo Eleutério (174 a 189)
14) São Vitor I (189 a 199)
15) São Zeferino (199 a 217)
16) São Calisto I (217 a 222)
17) Santo Urbano I (222 a 230)
18) São Ponciano (230 a 235)
19) Santo Antero (235 a 236)
20) São Fabiano (236 a 250)
21) São Cornélio (251 a 253)
22) São Lúcio I (253 a 254)
23) Santo Estevão I (254 a 257)
24) São Sisto II (257 a 258)
25) São Dionísio (259 a 268)
26) São Félix I (269 a 274)
27) Santo Eutiquiano (275 a 283)
28) São Caio (283 a 296)
29) São Marcelino (296 a 304)
30) São Marcelo I (308 a 309)
31) Santo Eusébio (309 a 310)
32) São Melquíades (311 a 314)
33) São Silvestre I (314 a 335)
34) São Marcos (336)
35) São Júlio I (337 a 352)
36) Libério (352 a 366)
37) São Dâmaso I (366 a 384)
38) São Sirício (384 a 399)
39) Santo Anastácio I (399 a 401)
40) Santo Inocêncio I (401 a 417)
41) São Zósimo (417 a 418)
42) São Bonifácio I (418 a 422)
43) São Celestino I (422 a 432)
44) São Sisto III (432 a 440)
45) São Leão Magno (440 a 461)
46) Santo Hilário (461 a 468)
47) São Simplício (468 a 483)
48) São Félix III (II) (493 a 492)
49) São Galásio I (492 a 496)
50) Anastácio II (496 a 498)
51) São Símaco (498 a 514)
52) São Hormisdas (514 a 523)
53) São João I (523 a 526)
54) São Félix IV (III) (526 a 530)
55) Bonifácio II (530 a 532)
56) João II (533 a 535)
57) Santo Agapito I (535 a 536)
58) São Silvério (536 a 537)
59) Vigílio (537 a 555)
60) Pelágio I (556 a 561)
61) João III (561 a 574)
62) Bento I (575 a 579)
63) Pelágio II (579 a 590)
64) São Gregório I (590 a 604)
65) Sabiniano (604 a 607)
66) Bonifácio III (607 a 608)
67) São Bonifácio IV (608 a 615)
68) São Adeodato I (615 a 618)
69) Bonifácio V (619 a 625)
70) Honório I (625 a 638)
71) Severino (640)
72) João IV (640 a 642)
73) Teodoro I (642 a 649)
74) São Martinho I (649 a 655)
75) Santo Eugênio I (655 a 657)
76) São Vitaliano (657 a 672)
77) Adeodato II (672 a 676)
78) Dono (676 a 678)
79) Santo Ágato (678 a 681)
80) São Leão II (682 a 683)
81) São Bento II (684 a 685)
82) João V (685 a 686)
83) Cônon (686 a 687)
84) São Sérgio I (687 a 701)
85) João VI (701 a 705)
86) João VII (705 a 707)
87) Sisínio (707 a 708)
88) Constantino I (708 a 715)
89) São Gregório II (715 a 731)
90) São Gregório III (731 a 741)
91) São Zacarias (741 a 752)
92) Estevão II (752 a 757)
93) São Paulo I (757 a 767)
94) Estevão III (768 a 772)
95) Adriano I (772 a 795)
96) São Leão III (795 a 816)
97) Estevão IV (816 a 817)
98) São Pascoal I (817 a 824)
99) Eugênio II (824 a 827)
100 ) Valentim I (827)
101) Gregório IV (827 a 844)
102) Sério II (844 a 847)
103) São Leão IV (847 a 855)
104) Bento III (855 a 858)
105) São Nicolau I (858 a 867)
106) Adriano II (867 a 872)
107) João VIII (872 a 882)
108) Mariano I (882 a 884)
109) Santo Adriano III (884 a 885)
110) Estevão V (885 a 891)
111) Formoso (891 a 896)
112) Bonifácio VI (896)
113) Estêvão VI (896 a 897)
114) Romano (897)
115) Teodoro II (897)
116) João IX (898 a 900)
117) Bento IV (900 a 903)
118) Leão V (903)
119) Sérgio III (904 a 911)
120) Anastácio III (911 a 913)
121) Lando (913 a 914)
122) João X (914 a 928)
123) Leão VI (928)
124) Estevão VII (929 a 931)
125) João XI (931 a 935)
126) Leão VII (936 a 939)
127) Estêvão VIII (939 a 942)
128) Marino II (942 a 946)
129) Agapito II (946 a 955)
130) João XII (955 a 964)
131) Leão VIII (964 a 965)
132) Bento V (965)
133) João XIII (965 a 972)
134) Bento VI (973 a 974)
135) Bento VII (974 a 983)
136) João XIV (983 a 984)
137) João XV (984 a 996)
138) Gregório V (996 a 999)
139) Silvestre II (999 a 1003)
140) João XVII (1003)
141) João XVIII (1003 a 1009)
142) Sérgio IV (1009 a 1012)
143) Bento VIII (1012 a 1024)
144) João XIX (1024 a 1032)
145) Bento IX (1032 a 1044)
146) Silvestre III (1044)
147) Bento IX (2ª vez) (1045)
148) Gregório VI (1045 a 1046)
149) Clemente II (1046 a 1047)
150) Bento IX (3ª vez) (1047 a 1048)
151) Dâmaso II (1048)
152) São Leão IX (1049 a 1054)
153) Vitor II (1055 a 1057)
154) Estêvão X (1057 a 1059)
155) Nicolau II (1059 a 1061)
156) Alexandre II (1061 a 1073)
157) São Gregório VII (1073 a 1085)
158) Beato Vitor III (1086 a 1087)
159) Beato Urbano II (1088 a 1099)
160) Pascoal II (1099 a 1118)
161) Gelásio II (1118 a 1119)
162) Calisto II (1119 a 1124)
163) Honório II 91124 a 1130)
164) Inocêncio II (1130 a 1143)
165) Celestino II (1143 a 1144)
166) Lúcio II (1144 a 1145)
167) Beato Eugênio III (1145 a 1153)
168) Anastácio IV (1153 a 1154)
169) Adriano IV (1154 a 1159)
170) Alexandre III (1159 a 1181)
171) Lúcio III (1181 a 1185)
172) Urbano III (1185 a 1187)
173) Gregório VIII (1187)
174) Clemente III (1187 a 1191)
175) Celestino III (1191 a 1198)
176) Inocêncio III (1198 a 1216)
177) Honório III (1216 a 1227)
178) Gregório IX (1227 a 1241)
179) Celestino IV (1241)
180) Inocêncio IV (1243 a 1254)
181) Alexandre IV (1254 a 1261)
182) Urbano IV (1261 a 1264)
183) Clemente IV (1265 a 1268)
184) Beato Gregório X (1271 a 1276)
185) Beato Inocêncio V (1276)
186) Adriano V (1276)
187) João XXI (1276 a 1277)
188) Nicolau III (1277 a 1280)
189) Matinho IV (1281 a 1285)
190) Honório IV (1286 a 1287)
191) Nicolau IV (1288 a 1292)
192) São Celestino V (1293 a 1294)
193) Bonifácio VIII (1294 a 1303)
194) Beato Bento XI (1303 a 1304)
195) Clemente V (1305 a 1314)
196) João XXII (1316 a 1334)
197) Bento XII (1334 a 1342)
198) Clemente VI (1342 a 1352)
199) Inocêncio VI (1352 a 1362)
200) Bento Urbano V (1362 a 1370)
201) Gregório XI (1370 a 1378)
202) Urbano VI (1378 a 1389)
203) Bonifácio IX (1389 a 1404)
204) Inocêncio VII (1404 a 1406)
205) Gregório XII (1406 a 1415)
206) Martinho V (1417 a 1431)
207) Eugênio IV (1431 a 1447)
208) Nicolau V (1447 a 1455)
209) Calisto III (1455 a 1458)
210) Pio II (1458 a 1464)
211) Paulo II (1464 a 1471)
212) Sisto IV (1471 a 1484)
213) Inocêncio VIII (1484 a 1492)
214) Alexandre VI (1492 a 1503)
215) Pio III (1503)
216) Júlio II (1503 a 1513)
217) Leão X (1513 a 1521)
218) Adriano VI (1522 a 1523)
219) Clemente VII (1523 a 1534)
220) Paulo III (1534 a 1549)
221) Júlio III (1550 a 1555)
222) Marcelo II (1555)
223) Paulo IV (1555 a 1559)
224) Pio IV (1559 a 1565)
225) São Pio V (1566 a 1572)
226) Gregório XIII (1572 a 1585)
227) Sisto V (1585 a 1590)
228) Urbano VII (1590)
229) Gregório XIV (1590 a 1591)
230) Inocêncio IX (1591)
231) Clemente VIII (1592 a 1605)
232) Leão XI (1605)
233) Paulo V (1605 a 1621)
234) Gregório XV (1621 a 1623)
235) Urbano VIII (1623 a 1644)
236) Inocêncio X (1644 a 1655)
237) Alexandre VII (1655 a 1667)
238) Clemente IX (1667 a 1669)
239) Clemente X (1670 a 1676)
240) Beato Inocêncio XI (1676 a 1689)
241) Alexandre VIII (1689 a 1691)
242) Inocêncio XII (1691 a 1700)
243) Clemente XI (1700 a 1721)
244) Inocêncio XIII (1721 a 1724)
245) Bento XIII (1724 a 1730)
246) Clemente XII (1730 a 1740)
247) Bento XIV (1740 a 1758)
248) Clemente XIII (1758 a 1769)
249) Clemente XIV (1769 a 1774)
250) Pio VI (1775 a 1799)
251) Pio VII (1800 a 1823)
252) Leão XII (1823 a 1829)
253) Pio VIII (1829 a 1830)
254) Gregório XVI (1831 a 1846)
255) Pio IX (1846 a 1878)
256) Leão XIII (1878 a 1903)
257) São Pio X (1903 a 1914)
258) Bento XV (1914 a 1922)
259) Pio XI (1922 a 1939)
260) Pio XII (1939 a 1958)
261) João XXIII (1958 a 1963)
262) Paulo VI (1963 a 1978)
263) João Paulo I (1978)
264) João Paulo II (1978 a 2005)
265) Bento XVI (desde 2005 a 2013)
266) Francisco (2013 a ...)

terça-feira, 12 de março de 2013

CÓDIGO DE CHEQUES DEVOLVIDOS





















CÓDIGO DE CHEQUES DEVOLVIDOS
11
Falta fundos - primeira apresentação
12
Falta fundos - segunda apresentação
13
Conta encerrada
14
Prática espúria (ilegal)
20
Cancelamento de folha de cheque em branco, solicitado pelo cliente
21
Cheque sustado pelo emitente ou portador
22
Divergência ou insuficiência de assinatura
23
Cheque de órgão da administração pública em desacordo com DL 200
24
Bloqueio judicial ou determinação do Banco Central
25
Cancelamento de talão de cheques pelo banco sacado
26
Inoperância temporária de transporte
27
Feriado Municipal não previsto
28
Cheque sustado por furto ou roubo pelo emitente, condicionada a apresentação da respectiva ocorrência policial
29
Talão de cheques bloqueado por falta de confirmação de recepção
30
Cancelamento por furto ou roubo de malotes
31
Erro formal (preenchimento)
32
Ausência ou irregularidade na aplicação do carimbo de compensação
33
Divergência de endosso
34
Apresentado por banco que não o indicado no cruzamento em preto, sem endosso mandato
35
Cheque fraudado
36
Cheque emitido com mais de um endosso
37
Registro inconsistente - compensação eletrônica
40
Moeda inválida
41
Cheque apresentado a banco que não o sacado
42
Cheque não compensável na sessão ou sistema de compensação em que apresentado
43
Cheque devolvido anteriormente pelos motivos 21, 22, 23, 31, 34
44
Cheque prescrito
45
Cheque emitido por entidade obrigada a realizar movimentação e utilização de recursos financeiros do Tesouro Nacional mediante Ordem Bancária
46
Quando o cheque correspondente não for entregue ao banco sacado nos prazos estabelecidos
47
Ausência ou inconsistência de dados obrigatórios referente ao cheque correspondente
48
Cheque superior a R$ 100,00 sem identificação do beneficiário
49
Remessa nula - reapresentação de cheque pelos motivos: 12, 13, 14, 25, 28, 30, 35, 43, 44, 45, 48


segunda-feira, 11 de março de 2013

VOCÊ E DEUS

Hino de Rose Nascimento

Só você e Deus sabe o quanto você tem chorado
Só você e Deus sabe o quanto tem sido humilhado
Quem te vê assim cantando não conhece o tamanho da sua dor
É que o seu Alimento é a Glória do Senhor
Só você e Deus sabe o quanto tem sido difícil
enxugar os rios de lágrimas atrás de um sorriso

Há momento que a voz embarga, falta forças pra continuar
É nesse momento que o Anjo põe a Lenha no Altar
Deus te conhece por dentro e por fora
Te faz um carinho quando você chora
Te pega no colo quando você cansa
Prepara a Mesa quando a fome chega
Te mostra em sonhos a Cidade Santa
A Rua de Ouro que você vai andar

Você chora, mas não para de cantar
Deus te escolheu, desempenha o teu papel
Tua Honra está no Céu, mostre ao mundo o Teu Deus
Deus te escolheu, desempenha o teu papel
Tua Honra está no Céu, mostre ao mundo o Teu Deus
Tua Honra está no Céu, mostre ao mundo o Teu Deus..

NÃO RECLAME, CLAME!!!


Reclamar é clamar ao inverso. É retroceder!

O Segredo é Clamar ao Senhor!

"CLAMA A MIM, E RESPONDER-TE-EI, E ANUNCIAR-TE-EI COISAS GRANDES E FIRMES QUE NÃO SABES." (Jeremias 33:3)

sexta-feira, 8 de março de 2013

UMA QUESTÃO DE ESCOLHA

Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal;

Porquanto te ordeno hoje que ames ao SENHOR teu Deus, que andes nos seus caminhos, e que guardes os seus mandamentos, e os seus estatutos, e os seus juízos, para que vivas, e te multipliques, e o SENHOR teu Deus te abençoe na terra a qual entras a possuir.

Porém se o teu coração se desviar, e não quiseres dar ouvidos, e fores seduzido para te inclinares a outros deuses, e os servires,

Então eu vos declaro hoje que, certamente, perecereis; não prolongareis os dias na terra a que vais, passando o Jordão, para que, entrando nela, a possuas;

Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,

Amando ao SENHOR teu Deus, dando ouvidos à sua voz, e achegando-te a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; para que fiques na terra que o SENHOR jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque, e a Jacó, que lhes havia de dar. 
Deuteronômio 30:15-20




CONCLAVE PARA ELEIÇÃO DO NOVO PAPA INICIARÁ EM 12.03.2013


O conclave que irá escolher o sucessor de Bento 16 terá início no dia 12 de março. Uma missa para eleger o novo papa ("Pro eligendo Romano Pontífice") será celebrada na Basílica de São Pedro na manhã de terça e os cardeais eleitores ingressarão na Capela Sistina à tarde. A informação foi confirmada pelo Vaticano na tarde desta sexta-feira (8). 
A escolha do novo pontífice será realizada por 115 cardeais --todos já estão no Vaticano, inclusive os cinco brasileiros que participarão da votação: dom Raymundo Damasceno Assis, 76; dom Odilo Scherer, 63; dom Geraldo Majella Agnelo, 79; dom Cláudio Hummes, 78; e dom João Braz de Aviz, 64.
São aptos a votar apenas os cardeais com menos de 80 anos. A presença deles, segundo o Vaticano, é obrigatória. No entanto, na congregação realizada nesta manhã, os 153 cardeais presentes votaram por aceitar o pedido de ausência de dois eleitores que não poderão comparecer.
O cardeal indonésio Julius Darmaatjadja, arcebispo emérito de Jacarta, havia comunicado que não conseguiria tomar parte no conclave por motivo de saúde.
Já o cardeal Keith O'Brien, que renunciou ao cargo de arcebispo de St. Andrews e Edimburgo após ser acusado de "comportamento inadequado" nos anos 80, também manifestou que não irá participar da votação. Ele admitiu que sua "conduta sexual" não foi sempre a que se esperava dele.

22 ANOS E 3 MESES DE PRISÃO - PENA DO GOLEIRO BRUNO POR SEQUESTRO E MORTE DE ELIZA SAMUDIO



O Tribunal do Júri de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte) condenou, nesta sexta-feira (8), o goleiro Bruno Fernandes, 28, a 22 anos e três meses de prisão, por homicídio triplamente qualificado, sequestro e ocultação do cadáver da modelo Eliza Samudio, mãe de seu filho Bruninho, morta em 10 de junho de 2010. 
A professora Dayanne Souza, 25, ex-mulher e mãe das duas filhas do goleiro, foi absolvida da acusação do sequestro de Bruninho Samudio. "Estou muito feliz", disse Dayanne, após a absolvição.
Com a condenação, Bruno permanece recluso na penitenciária federal de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem (MG), onde está detido desde julho de 2010.
O promotor solicitou aos jurados que absolvessem Dayanne depois que ela pediu para ser reinterrogada na abertura da última sessão. 
A ex-mulher de Bruno afirmou que foi coagida pelo ex-policial José Laureano Assis, o Zezé --que passou a ser investigado recentemente por suspeitas de que ele participou da morte de Eliza, para esconder a criança.
A juíza Marixa Fabiane Lopes, do Tribunal do Júri, classificou Bruno, em sua sentença, como um pessoa "fria, violenta e dissimulada". De acordo com a sentença da juíza, o goleiro "demonstra absoluta impiedade".

quarta-feira, 6 de março de 2013

Feliciano Amaral é o cantor mais velho ainda em atividade

Aos 92 anos, o pastor Feliciano Amaral está no livro dos recordes como o cantor mais velho no mundo que ainda está na ativa. "Foi uma surpresa para mim, aconteceu e eu nem sabia.

Muitas pessoas começaram a comentar comigo", conta.

Feliciano é de Minas Gerais, mora em Pernambuco e veio ao Espírito Santo para fazer um tratamento. No meio evangélico, o pastor é reconhecido internacionalmente. Escreve os próprios hinos e já gravou muitos louvores famosos.

Ao todo, gravou 39 discos, que foram transformados em CDs e percorrem gerações. "Realmente, sou o cantor mais antigo nos dois sentidos, na gravação e em idade, dou graças a Deus por isso. Apesar da idade, posso cantar com o mesmo fôlego de antigamente".

O segredo da vitalidade é não guardar o que faz mal. "Quando a gente tiver uma dor, a gente tem que esquecer dela. Senão vai continuar doendo. Quando a gente chega a uma certa idade, quando aparecem os probleminhas, tem que esquecer deles. Eu faço isso sempre", afirma.

Viúvo depois de 42 anos de casamento, o pastor Feliciano casou de novo.

Hoje sobra energia para o trabalho e para o amor. "Ele é uma pessoa muito calma e tranquila, eu que sou mais agitada, ele que me socorre nas agitações, smepre passa mensagem de esperança, de que as dificuldades vão passar. Ele ainda me ajuda na cozinha e lava a louça", conta a esposa Rubenita do Amaral.


Fonte: G1

terça-feira, 5 de março de 2013

PASTOR MARCOS FELICIANO SERÁ PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E MINORIAS

O Partido Social Cristão confirmou, nesta terça-feira (5), que a Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara Federal será presidida pelo pastor Marco Feliciano (SP), cujo nome foi envolto em uma série de acusações de racismo e homofobia desde que a presidência da comissão ficou a cargo do partido cristão. A decisão foi tomada em reunião da bancada do partido nesta tarde.

Outros três parlamentares haviam colocado o nome à disposição da legenda: Zequinha Marinho (PSC-PA), Lauriete (PSC-ES) e Antonia Lúcia (PSC-AC).

"Não sou e nunca fui racista ou homofóbico", disse o deputado logo após o anúncio de seu nome como indicação do Partido Social Cristão.

A eleição do presidente é feita pelos membros da comissão, que, em geral, seguem a indicação partidária. A bancada do PSC, composta por 17 parlamentares, confirmou nesta tarde o nome do pastor para ocupar o cargo. Como vice, a indicação foi para a deputada Antonia Lúcia.

Até então, o PT da presidente Dilma Rousseff comandava a CDHM, sob a direção do deputado Domingos Dutra, mas o partido preferiu assumir as comissões de Constituição e Justiça e Cidadania; de Seguridade Social e Família e de Relações Exteriores e Defesa Nacional.

A provável indicação do Pastor Feliciano gerou protestos de ativistas de direitos humanos, porque o deputado tem um discurso que pode ser considerado polêmico.

domingo, 3 de março de 2013

PASTORES VOLTAM PARA ESCOLA BUSCANDO APRENDER "LIDERANÇA"

Artigo de CLARA ROMAN - COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Responsáveis por liderar uma comunidade de 42,3 milhões de pessoas, segundo o IBGE, pastores evangélicos têm buscado melhorar sua formação com cursos de especialização para o cargo.

As disciplinas alternam noções de teologia e entendimento da Bíblia com conceitos de administração e estratégias de liderança.

Entre 2000 e 2010, os evangélicos aumentaram sua fatia na população de 15,4% para 22,2%, impulsionando também a demanda por pastores e, consequentemente, a criação de cursos e escolas para sua formação.

Na Faculdade de Educação Teológica de São Paulo, o curso é on-line e tem duração de cerca de um ano, ao custo de R$ 999. O material didático consiste em 101 apostilas, com lições de antropologia, código civil e penal, administração eclesiástica, didática e ética, entre outras.

Na aula de administração, por exemplo, são ensinados conceitos clássicos como o PODC (planejar, organizar, decidir, controlar), da obra Administração, de James Stoner e Edward Freeman.

Na estrutura organizacional, um pastor tem a incumbência de um profissional na área de marketing e vendas, analisa Antonio Sauaia, professor da FEA-USP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade).

Ao término das disciplinas, o pastor Lawton Ferreira, coordenador do curso, oferece consultorias nas igrejas para acompanhar a prática dos pastores. Os pastores precisam melhorar a capacidade de liderança, de coordenar equipes, afirma Ferreira.

Lawton também ensina técnicas para melhorar a comunicação com o público, como utilizar linguagem mais acessível durante os cultos.

O pastor Emerson Acioli, 32, afirma que o curso o ajudou a desenvolver uma base teórica para construir seus discursos nas cerimônias.

Nos primeiros cinco meses, teve dificuldade em compreender a linguagem dos textos, conta. Hoje, ele afirma receber uma remuneração mensal de R$ 1.500, além de ter a moradia garantida pela igreja onde ministra os cultos, mas não possui direitos trabalhistas e recolhe o INSS como autônomo.

O pastor Lawton Ferreira, que coordena curso à distância para religiosos e presta consultoria a igrejas pretende lançar um novo módulo, com o nome de Atividade Pastoral na Contemporaneidade. O objetivo desse novo curso é aumentar a expansão dos fiéis na igreja. Segundo
Lawton, sua nova técnica, que consiste em convencer os fiéis de que possuem os mesmos poderes de um pastor, fará a igreja angariar cerca de 8.000 seguidores por ano.

Métodos de administração para multiplicação de membros são também objeto de aulas na Faculdade Gospel, que mantém desde 1994, em um curso criado pelo pastor Omar Silva da Costa.

Segundo a escola, são ensinadas práticas usadas pelas igrejas Mundial e Universal do Reino de Deus. O curso tem ainda disciplinas como Estresse e Depressão ou Como Trabalhar com Homossexuais.

Apesar da multiplicação dos cursos e da perspectiva de altos salários o pastor Silas Malafaia, da Associação Vitória em Cristo, causou polêmica ao afirmar que os salários de seus pastores variam de R$ 4.000 a R$ 22 mil, a carreira religiosa ainda enfrenta percalços.

No fim do ano, o Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o vínculo empregatício entre um pastor evangélico e a igreja Universal do Reino de Deus.

O pastor Glauber Alencar, da Assembleia de Deus do Bom Retiro em São Paulo, central de cerca de 150 filiais na cidade, diz que a profissionalização do pastor, ou seja, seu reconhecimento como empregado, é uma discussão frequente dentro das igrejas.

Alencar defende a criação de um plano de carreira para os pastores, além de benefícios sociais, como plano de saúde e previdência, de modo a inserir uma gestão mais próxima à de uma empresa.

Segundo ele, a ideia encontra resistência em setores da comunidade evangélica, sobretudo em relação a remuneração por comissão, ou seja, proporcional ao número de seguidores angariados. A Assembleia de Deus, por exemplo, é contra essa ideia.

sábado, 2 de março de 2013

TATUAGENS E PIERCINGS - SOU CRISTÃO! FAZER OU NÃO FAZER?

TATUAGENS estão em toda parte — pelo menos é o que parece. Astros da música rock, atletas ou modelos famosos e artistas de cinema as exibem sem a menor cerimônia. Muitos adolescentes seguem o mesmo caminho, exibindo orgulhosamente tatuagens no ombro, na mão, na cintura e no tornozelo. Andrew argumenta: “As tatuagens são ‘legais’. Fazer ou não fazer . . . você é quem decide.”

A Enciclopédia Delta Universal explica: “Tatuagem é a prática de pintar desenhos que permanecem no corpo humano. Faz-se a tatuagem perfurando na pele pequenos e profundos furos que são enchidos com uma substância corante.”

Embora seja difícil obter uma estatística exata, estima-se que 25% dos jovens entre 15 e 25 anos nos Estados Unidos têm uma tatuagem. Sandy explica: “Virou moda.” Por que alguns jovens gostam tanto de tatuagens?

Os cristãos podem fazer tatuagens?

Pergunta: "O que diz a Bíblia a respeito de tatuagens e piercings?"

Resposta: A lei do Velho Testamento ordenou aos israelitas: “Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor” (Levítico 19:28). Portanto, apesar de não estarem os crentes sob a lei do Velho Testamento nos dias de hoje (Romanos 10:4; Gálatas 3:23-25; Efésios 2:15), o fato de ter havido um uma ordem contra tatuagens deveria nos fazer pensar sobre a questão. O Novo Testamento não faz menção sobre os crentes fazerem ou não tatuagem.

Em relação às tatuagens e piercings, um bom teste é determinar se podemos ou não, com honestidade e sã consciência, pedir a Deus que abençoe e use esta atividade particular para Seus bons propósitos. “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (I Coríntios 10:31). A Bíblia não se coloca condenando tatuagens ou piercings, mas também não nos dá razão alguma para crermos que Deus nos deixaria fazê-lo.

Outra questão a considerar é o recato. A Bíblia nos instrui ao recato no vestir (I Timóteo 2:9). Um aspecto do vestir recatadamente é nos certificarmos de que cada parte que precisa ser coberta com roupas está adequadamente vestida.

Entretanto, o significado essencial do recato é não chamar atenção para si mesmo.

As pessoas que se vestem com recato o fazem de maneira tal que jamais chamam atenção para si mesmas. Tatuagens e piercings, com certeza, são chamativos. Neste sentido, as tatuagens e piercings não são recatados.

Um princípio importante das escrituras a respeito de casos sobre os quais a Bíblia não lida especificamente é que, se há dúvidas se isto agrada ou não a Deus, então é melhor não fazê-lo. “Mas aquele que tem dúvidas, se come está condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado” (Romanos 14:23). Precisamos ter em mente que nossos corpos, assim como nossas almas, foram redimidos e pertencem a Deus. Apesar de não se aplicar diretamente a tatuagens e piercings, I Coríntios 6:19-20 nos dá um princípio: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.”

Esta grande verdade deve sempre pesar no que fazemos e até onde podemos ir em relação a nossos corpos. Se nossos corpos pertencem a Deus, deveremos sempre nos certificar de que temos Sua clara “permissão” antes de neles deixarmos “marcas” com tatuagens e piercings.

FONTE: http://praisingradical.blogspot.com.br/2010/08/os-cristaos-podem-fazer-tatuagens.html

PAPA JOÃO PAULO I - MITOS E VERDADES QUE VÃO PERDURAR ATÉ A ETERNIDADE

O Papa João Paulo I, nascido Albino Luciani (Forno di Canale, 17 de outubro de 1912) é oriundo de família humilde.

Era filho de Giovanni Luciani, um modesto operário de uma fábrica de vidros e de BortolaTancon, uma boa católica como era conhecida.

Como temiam pela sua vida, ele foi batizado no mesmo dia, pela própria parteira, em sua casa.

Seu pai era um militante socialista e sua mãe uma simples doméstica.

Foi Dona Bortola que com muito esforço conseguiu encaminhar os primeiros passos escolares do filho.

Em outubro de 1928 Albino entrou no seminário gregoriano em Belluno e tornou-se sub-diácono em 1934.

Foi ordenado para o sacerdócio, na Igreja de São Pedro de Belluno em 7 de julho do ano seguinte, assumindo dois dias depois a paróquia de Canale d 'Agordo.

Porém, não ficou muito tempo ocupando esta posição, logo em 18 de dezembro foi chamado para ser instrutor de religião no Instituto Técnico para Mineiros. Falam os comentaristas que sua popularidade começou aí.

Dono de um sorriso ímpar, ele falava as coisas mais sérias e contundente sempre com um sorriso amoroso nos lábios.

Característica que o acompanhou por toda a vida e que fazia com que suas palavras inspirassem e animassem todas as pessoas que dele se aproximavam.

Governou a Santa Sé durante apenas 33 dias, entre 26 de agosto de 1978 até a data da sua morte, em 28 de setembro de 1978.

Tornou-se rapidamente conhecido na Cúria Romana pelo apelido de "Papa do Sorriso", por sua afabilidade.

Foi o primeiro Papa desde Clemente V a recusar uma coroação formal, cerimónia não oficialmente abolida, ficando a cargo do eleito escolher como quer iniciar seu pontificado.

Contudo, desde então, os papas eleitos têm optado por uma cerimônia de "início do pontificado", com a respectiva entronização e o juramento de fidelidade.

Também foi pioneiro ao adotar um nome papal duplo.

Seu nome papal duplo foi uma homenagem aos seus dois antecessores, Paulo VI e João XXIII.

Antes de ser Papa, Luciani foi Patriarca de Veneza e não tinha ambição alguma, nunca tendo sonhado em ser papa.

Foi o primeiro Papa a nascer no século XX.

O momento de sua morte, apenas um mês depois de sua eleição para o papado, e alegadas dificuldades do Vaticano com os procedimentos cerimoniais e legais, juntamente com declarações inconsistentes feitas após a morte, fomentaram várias teorias da conspiração.

Para o escritor inglês David Yallop, autor do livro "Em Nome de Deus" – (uma investigação do assassinato do papa João Paulo I), Albino Luciani teria sido eleito PAPA pelos conservadores simplesmente para cumprir ordens.

Mas, ao demonstrar carisma, liderança e, principalmente, disposição para reformar os quadros e interferir no comando do Banco do Vaticano, teria despertado o receio de determinado grupo de prelados.

John Cornwel quem investigou mais seriamente o episódio e deu consistência à trama no Livro "Um Ladrão na Noite".

Ex-seminarista, Cornwel foi estimulado pela própria Igreja a produzir uma obra conclusiva que pudesse desmantelar as teorias conspiratórias sobre a morte do papa.

Mas, para o desespero do Vaticano, manteve a dúvida no ar: “João Paulo quase com certeza morreu de embolia pulmonar. Necessitava de descanso e medicação. Se estes tivessem sido receitados, ele provavelmente teria sobrevivido. As advertências de uma doença mortal estavam claras, à vista de todos. Pouco ou nada foi feito para socorrê-lo”.

UM PAPA COM UM PROJETO REVOLUCIONÁRIO:

A Cúria estava acostumada a um Papa que conhecia o seu lugar, que atuava através dos canais burocráticos. Mas aquele Papa circulava por toda parte, se intrometia em tudo, e a pior de tudo, queria fazer mudanças.

Ironicamente, nas três primeiras semanas de seu Pontificado, Albino Luciani já dera os primeiros passos significativos para inverter a posição da Igreja Católica na questão do controle artificial da natalidade.

Para Luciani, Cor Unum (Conselho Pontifical) era um elemento vital em sua filosofia de que as finanças do Vaticano deveriam ser inspiradas pelo Evangelho.

O clero de Veneza afiançava que lá ele havia vendido bens da Igreia para ajudar os pobres.

Estava determinado a levar a Igreja de volta a suas origens, de volta à simplicidade, honestidade, ideais e aspirações de Jesus Cristo.

Segundo algumas pessoas próximas, estava determinado a vender os bens da Igreia para ajudar os pobres.

Luciani já causara consternação entre os oficiais da Guarda Suiça ao conversar com homens de sentinela e também pedir que se abstivessem de ajoelhar-se cada vez que se aproximava. Ele comentou para o Padre Magee: — Quem sou eu para que se ajoelhem na minha presença?

Humilde, não se sentia confortável com a frequência de sua aparição na televisão e todos os domingos na sacada para o Angelus. Disse, também, o quanto detestava a idéia de ser virtualmente carregado nos ombros de outros homens.

Sua caridade lhe rendera até o apelido de "papa do Terceiro Mundo", de parte sobretudo dos animados bispos latino-americanos.

Preferia ser chamado de Pastor ao invés de Pontífice.

Suas palavras eram simples, para desespero dos intelectuais. Gostava de ilustrar seus sermões com história do povo.

Outros, antes dele, tiveram o mesmo sonho, mas ninguém se mostrou tão determinado como ele, para surpresa de muitos!

E isso, segundo uma corrente de historiadores, teria lhe custado a própria vida.

FONTES:
- Livro "Um Ladrão na Noite" de John Cornwel
- Livro "Em Nome de Deus" de David Yallop
- Wikipédia, a enciclopédia livre.